Páginas

sábado, 2 de abril de 2011

Olá, me chamo Robert Gregoor. Tenho 18 anos.
Sou um pouco sozinho, meio que irreal.
Quero que conheça meus sentimentos, para isso estou escrevendo para você.






Pure solitude

So I'm walking through the cool crowd
Bumping into millions.
And in every face that I see
 I see your face.
But it's not you it's a simple prank of love.

But the games of love no more make me happy.
The tears who fled of my being, disappeared in time.

No matter where my dreams are hiding.
No, not matter.
No matter where my life will stop.
No, not matter

No quite sure if one day you'll love me.
Do not know if I can still cry
I follow only in the sad company of my
Pure solitude
.

Robert Gregoor


'' ''

Pura solidão


Então eu vou andando entre a fria multidão
Esbarrando em milhões.
E cada face que encaro vejo a tua face.
Mas não é você, é uma simples brincadeira do amor.

Mas os jogos de amor não mais me fazem feliz.
As lágrimas que outrora fugiram de meu ser desapareceram no tempo.

Não importa onde os meus sonhos se escondem.
Não, não importa.
Não importa onde minha vida vai parar.
Não, não importa

Nem sei ao certo se um dia você vai me amar.
Nem sei se ainda posso chorar
Sigo apenas na triste companhia de minha
Pura solidão.

Robert Gregoor

4 comentários:

  1. Muito lindo cara, continua assim !
    Você vai longe, acho que já te falei isso!
    beeijos, amo você, meu amigo de infância! *--*

    ResponderExcluir